Sistema dá prioridade para as mãos e faz com que imagens não fiquem tão pesadas Divulgação!!!

 Celulares atuais já têm teleconferência, mas consomem muitos dados de internet A Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveram um aparelho que permite que surdos conversem por linguagem de sinais usando o celular. O sistema, chamado MobileASL, melhora a qualidade da imagem na região das mãos e do rosto do usuário, o que faz com que os vídeos não fiquem tão pesados. Além disso, o produto consegue reconhecer os movimentos do usuário, com o objetivo de identificar se alguém está ou não usando a lingua de sinais – isso faz com que a bateria dure mais durante a conversa.

Sete voluntários da universidade estão testando o mecanismo por três semanas. De acordo com os pesquisadores, a maioria dos participantes prefere conversar por e-mail ou mensagens de texto para se comunicar à distância. Para Tong Song, estudante da universidade e que faz parte dos testes, o MobileASL pode servir como uma alternativa.

– Mandar SMS às vezes é muito lento, porque você envia a mensagem e não tem certeza se a outra pessoa já vai ler. Se você usa esse tipo de telefone, é possível conversar em tempo real, o que economiza muito tempo.